Peças para o próximo leilão

76 Itens encontrados

Página:

  • Cochrane de Alencar, Mario (1872-1925)- filho de José de Alencar - "Versos" ed. Jacintho Ribeiro dos Santos, RJ, 1902. Capa dura bastante danificada por cupins. Identificação da proprietária através da nota: "Exemplar de mamãe", Mario de Alencar. 171 pág.; 13,5 x 9 cm; 209 g.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Iracema" (originalmente: Iracema - Lenda do Ceará) ,faz parte da trilogia indianista do autor. Os outros dois romances pertencentes à trilogia são O Guarani e Ubirajara.  Ed. Librarie Gedalge, Paris, 1928. Capa dura bastante danificada pelo tempo e por cupins; páginas amareladas. Possui dedicatória para o neto Léo de Alencar (edição francesa)
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Ubirajara"  - Faz parte da trilogia indianista do autor, completada por "Iracema" e "O Guarani". Edição sem capa bastante danificada por cupins e com páginas amareladas. Ano da edição não encontrado. 231 pág.; 17 x 11 cm; 222 g.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "O demônio familiar". Primeira edição 1858/segunda 1864. Comédia em 4 atos, representada pela primeira vez em 5/12/1857, no Theatro do Gymnasio Dramático, (não encontramos a data do desaparecimento do Gymnasio Dramatico. Sabemos que deixou de existir antes da Proclamação da República). Capa dura em razoável estado de conservação. Apresenta correções na primeira página mas não podemos precisar se são do autor. 177 pág.; 19 x 12 cm; 478 g.
  • Cochrane de Alencar, Mario (1872-1925) - filho de José de Alencar -  "O que tinha de ser" - Capa mole, solta, com furos de traça até a pág. 44; pag. amareladas e manchadas pela ação do tempo. Na primeira folha indicação "ex. da mamãe em 10/7/912", pelo autor. 146 pág; 16 x 11 cm; 174 g (data da edição não localizada)
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Esboços Jurídicos" - Capa dura, ed. Garnier 1883; páginas amareladas e manchadas; sinais de traça; 239 pág; 22 x 14 cm; 447 g
  • Livro de autógrafos com capa de couro danificada, ano 1949. Pertenceu a Jeanne Dárc Bagueira Sampaio (de quem não encontramos maiores informações). Possui bilhetes, dedicatórias , fotos autografadas, além de diversos folhetos de programas culturais. 20 x 14 cm; 417 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "O Guarani", 2 tomos; Ed. Garnier sem data da edição. Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio. 366 pág (I); 330 pág (II); 18 x 12 cm; peso total 656 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Mãe" Capa dura, ed. 1862 - Drama em 4 atos; páginas amareladas, manchadas e sensíveis à manipulação pela ação do tempo. 144 p´g.; 21 x 13,5 cm; 276 gr.
  • Faria, Alberto - "Arrendalles" Capa dura; Ed. Livraria Leite Ribeiro e Maurillo, ed. 1920. páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio, com sinais de traça. 389 pág.; 20 x 14 cm; 513 gr.
  • "Manuel d'histoire de la litterature greeque" - Capa dura, 7a. edição sem data, pág. amareladas. manchadas com sinais de traça. Na primeira página constam as assinaturas de Mario e Leo de Alencar (filho e neto de J. Alencar). 844 pág.; 18 x 12,5 cm; 785 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Esboços Jurídicos" -  ed. Garnier 1889, capa dura solta; pág. amarelada, manchadas e sensíveis ao manuseio. Possui uma folha solta internamente, com anotações à mão, sem indicação de quem seja o autor da mesma. 230 pág.; 22 x 14 cm; 454 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Sonhos d'oiro",  Ed. Garnier 1a. ed., 1872 . (ass. com seu pseudonimo "Senio") Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio; sinais de traça. Algumas pág. possuem correções feitas à mão sem indicação de autoria. 283 pág; 20 x 13 cm; 597 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - "Alfarrabios", Ed. Garnier- 1a. ed., 1873 . Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio; sinais de traça. Algumas pág. possuem correções feitas à mão sem indicação de autoria. 201 pág; 20 x 12,5 cm; 544 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - " Senhora", Ed. Garnier- sem data da edição ; romance urbano  publicado na forma de folhetim. É um dos últimos romances de Alencar, publicado dois anos antes da sua morte . Capa dura, solta. Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio; sinais de traça. Assinatura do neto Leo de Alencar em 15/5/1921. 342 pág; 18 x 12 cm; 318 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - " Iracema" .  Ed. Melhoramentos, sem data. Este romance faz parte da trilogia indianista do autor. Os outros dois romances pertencentes à trilogia são O Guarani e Ubirajara.Capa mole, solta. Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio; algumas possuem correções à mão. 148 pág; 18 x 12 cm; 141 gr.
  • Martiniano de Alencar, José (1829-1877) - " Iracema" .  Ed. 1898, em língua estrangeira, sem que pudéssemos identificar a origem (possivelmente alemão arcaico) Este romance faz parte da trilogia indianista do autor. Os outros dois romances pertencentes à trilogia são O Guarani e Ubirajara.Capa dura. Páginas amareladas, manchadas e sensíveis ao manuseio; 167 pág; 19 x 14 cm; 326 gr.
  • Criptônimo das cartas chilenas - Sem data da edição. Capa mole, solta sem contracapa. ed. danificada pelo tempo. 385 pág.; 18 x 13,5 cm; 341 gr.
  • Camões, Luis de - "Os Lusíadas". edição em miniatura sem data;  com pág. amaraeladas e manchadas. 186 pág.; 9 x 6 cm; 63 gr.
  • Pompéia, Raul - (1863-1895)- "Canções sem metro" ed. 1900. Capa dura, pág. amareladas e com sinais de traças. Assinatura de Sampaio Freire nas 1a e 3a. pags. S.P. 7.7.1905 (possivelmente o proprietario do exemplar). 77 pág.; 17 x 10 cm; 134 gr.

76 Itens encontrados

Página: